Ensaio Acústico

Nós realizamos os ensaios especialmente para atender a necessidade da área de edificações de acordo com a NBR 15575.

PARA O QUE SERVEM OS NOSSOS ENSAIOS?

Nossos Ensaios Atendem A Norma NBR 15575

Diferente das outras normas que atendemos, esta não é exclusiva da área de acústica. O seu objetivo principal é determinar um certo nível de qualidade para a construção civil, afim de garantir a segurança e conforto acústico do ambiente.

A norma entrou em vigor em 2013, porém foi somente em 2014-2015 que as primeiras construções entregues, devido ao tempo de obra. Hoje em dia, ela já é pré-requisito para qualquer nova construção ser realizada.

Este processo, assim como todas as medições acústicas exigem padrões muito rígidos a respeito de equipamentos e tecnologia, tópicos que salientamos o nosso alto investimento.

Ensaio Acústico
CONHEÇA O PROCESSO

Como Funcionam Os Ensaios?

Em relação a acústica, a NBR 15575 exige medições em diversos pontos de uma construção. Elas são feitas em campo com equipamentos especiais, como o Dodecaedro e a Máquina de Impacto (Tapping Machine).

É importante lembrar que existem outros tipos de Ensaios Acústicos, mas que não fazem parte do nosso foco de atuação!

Abaixo, vamos te explicar detalhadamente quais são as áreas que precisamos nos preocupar quando falamos sobre este serviço.

1 Medição De Classe De Ruído (Fachadas)

Para o desempenho acústico de vedações verticais externas (fachadas) e coberturas de dormitórios, a norma ABNT NBR 15575 estabelece critérios baseados em situações de ruído existentes no entorno da edificação, como por exemplo, ruído de trânsito e ruído de rota de aviões.

Se há pouco ruído externo, o critério de desempenho do sistema de fachada e cobertura é menos rigoroso. Por outro lado, em um ambiente externo ruidoso, o sistema envoltório da edificação deverá atender a um desempenho acústico mais exigente. a norma de desempenho apresenta três critérios diferentes de desempenho acústico para fachadas e coberturas.

Para a definição da Classe de Ruído, é necessário fazer um estudo rigoroso das características acústicas do entorno do empreendimento.

São necessárias medições acústicas nos períodos diurno e noturno em vários e em alguns dias diferentes, durante a semana e final de semana com o objetivo de identificar as principais fontes de ruído e permitir o cálculo da propagação sonora até as futuras fachadas. As simulações computacionais baseadas em normas técnicas são recomendadas por viabilizar a estimativa dos níveis sonoros incidentes nas vedações externas dos edifícios.

É importante também observar a legislação NBR 10151 ou normas municipais específicas quanto aos níveis sonoros permitidos para a região.


2 Medições De Ruídos De Sistemas Hidrossanitários E Equipamentos Prediais

As instalações de sistemas prediais (bombas e motores diversos) e os sistemas hidrossanitários e de águas corrente e pluviais não podem produzir pressão sonora elevada no interior dos dormitórios. Este fato está estabelecido na NBR 15575-1.

Então, realizamos medições em todas as fontes necessárias, que variam de acordo com cada construção.


3 Medições De Ruído Aéreo Para Lajes

A transmissão de ruído aéreo entre duas unidades habitacionais sobrepostas em uma edificação se produz através do próprio sistema de piso (1 via de transmissão direta) e os elementos laterais ou paredes (12 vias de transmissão indireta).

Essas transmissões dependem das soluções construtivas, das uniões entre elas e da geometria dos recintos. Logo, o desempenho de isolamento ao ruído aéreo entre dois ambientes separados por um sistema de pisos de um edifício (DnTw) é geralmente inferior ao desempenho do mesmo sistema de piso ensaiado em laboratório (Rw). Por isso, os ensaios acústicos em campo, após a instalação de lajes e pisos, são muito importantes para a continuidade da obra e evitar custos com quebra de pisos já prontos.


4 Medições De Ruído De Impacto Para Lajes

A transmissão de ruído de impacto entre duas unidades habitacionais sobrepostas em uma edificação se produz através do próprio sistema de piso (1 via de transmissão direta) e os elementos laterais ou paredes (4 vias de transmissão indireta).

Essas transmissões dependem das propriedades das soluções construtivas, as uniões entre elas e a geometria dos recintos. Logo, o desempenho de isolamento ao ruído de impacto entre dois ambientes separados por um sistema de pisos de um edifício (L’nt,w) é inferior ao desempenho do mesmo sistema de piso ensaiado em laboratório (L’nt,w). Por isso, os ensaios acústicos em campo, após a instalação de lajes e pisos, são muito importantes para a continuidade da obra e evitar custos com troca de mantas acústicas.


5 Medições De Ruído Aéreo Para Paredes

A transmissão de ruído aéreo entre duas unidades habitacionais separadas por uma parede ocorre através da própria parede (1 via de transmissão direta) e dos elementos laterais, como paredes, fachadas ou pisos (12 vias de transmissão indireta).Essas transmissões dependem das propriedades das soluções construtivas, uniões entre elas e da geometria dos recintos. Logo, o desempenho de isolamento ao ruído aéreo entre dois ambientes separados por um sistema de vedação vertical interna (parede) de um edifício (DnTw) é geralmente inferior ao desempenho dessa mesma parede medido em laboratório (Rw). Por isso, os ensaios acústicos em campo, após a instalação de algumas paredes (normalmente as do primeiro e segundo andar), são muito importantes para a continuidade da obra e evitar custos com reforço acústico dessas paredes.


Solicite um orçamento

Whatsapp Engenharia Acústica Whatsapp Engenharia Acústica